- OUTRO SENTIDO -


2007

OUTRO SENTIDO


01_ Amor de mel, amor de fel
02_ Eu já não sei
03_ Fado menor
04_ Quando tu passas por mim
05_ Para que quero eu olhos
06_ Lábios que beijei
07_ Nem às paredes confesso
08_ A nossa contradição
09_ Chamateia
10_ Fadista louco
11_ Outro sentido
12_ Ao sul
13_ Foi Deus
14_ Bilhete
15_ Fado partido
16_ Se tu soubesses
07_ NEM ÀS PAREDES CONFESSO

(Artur Ribeiro / Francisco Trindade / Max)

 

Não queiras gostar de mim

Sem que eu te peça

Nem me dês nada que ao fim

Eu não mereça

Vê se me deitas depois

Culpas no rosto

Isto é sincero

Porque não quero dar-te um desgosto

 

De quem eu gosto

Nem às paredes confesso

E até aposto

Que não gosto de ninguém

Podes rogar, podes chorar, podes sorrir também

De quem eu gosto

Nem às paredes confesso

 

Quem sabe se te esqueci

Ou se te quero

Quem sabe até se é por ti

Por quem eu espero

Se gosto ou não afinal

Isso é comigo

Mesmo que penses que me convences

Nada te digo