- POR MEU CANTE -


2004

POR MEU CANTE


01_ Pra onde quer que me volte
02_ Janela virada p´ro mar
03_ Sra da Nazaré
04_ Uma vez que seja
05_ Sino da minha aldeia
06_ Noite Cheia De Estrelas
07_ Noite Apressada
08_ Verão
09_ Cravo de São João
10_ Rapaz da camisola verde
11_ Que inveja tens tu das rosas
05_ SINO DA MINHA ALDEIA

(Fernando Pessoa)

 

Oh sino da minha aldeia

Dolente na tarde calma

Cada tua badalada

Soa dentro da minha alma

 

 

E é tão lento o teu soar

Tão como triste da vida

Que já a primeira pancada

Tem o som de repetida

 

Por mais que me tanjas perto

Quando passo sempre errante

És para mim como um sonho

Soas-me na alma distante

 

 

A cada pancada tua

Vibrante no céu aberto

Sinto mais longe o passado

Sinto a saudade mais perto