- RUA DA EMENDA -

UNIVERSAL MUSIC PORTUGAL
2014

RUA DA EMENDA


01_ Fatalidade
02_ Valsa do Vai não Vás
03_ Pica do 7
04_ Flinstones
05_ Barata tonta
06_ Valsa de um pavão ciumento
07_ Canção de Brazzaville
08_ Despassarado
09_ Zamba del Olvido
10_ Último desejo
11_ Pantomineiro
12_ O Tiro Pela Culatra
13_ Valsa Lisérgica
14_ La chanson de Prévert
15_ Viver de ouvido
12_ O TIRO PELA CULATRA

(Maria do Rosário Pedreira / Ricardo Cruz) 

 

Mal a vi, fui seduzido

Pelo seu corpo lança-chama

E a perna bem torneada.

E meti no meu sentido:

Se não a levo para a cama,

Não sou homem, não sou nada.

 

Pus um ar de matador

E assim, sem falinhas mansas,

Convidei-a para jantar.

Quase a vi ficar sem cor,

Mas, quando eu perdia as esperanças,

Aceitou sem hesitar.

 

Pronto para a grande conquista,

Barba feita, risca ao lado,

Sapato novo e brilhante,

Comprei rosas na florista

E cheguei adiantado

À porta do restaurante.

 

Quase me caía o queixo

E até fiquei aturdido

Com o choque da surpresa:

Ela, ao chegar, deu-me um beijo,

Apresentou-me o marido

E foi andando p’rá mesa.

  

voz, guitarra clássica: António Zambujo

guitarra portuguesa: Bernardo Couto

contrabaixo: Ricardo Cruz