- O MESMO FADO -


2002

O MESMO FADO


01_ O mesmo fado
02_ Senhora do Livramento
03_ Beijos de fogo
04_ Guitarra triste
05_ Jogo de sedução
06_ Arraial
07_ Trago Alentejo na voz
08_ Triste fado
09_ Noite despida
10_ Fado alcantarado
11_ Terra da minha gente
12_ Minguante das luas
01_ O MESMO FADO

(José Luis Gordo / Mário Rainho)

 

Disseste, vem ver a lua

Eu debrucei-me à janela

Confesso na minha rua

Nunca vi coisa mais bela

 

Ganhámos a madrugada

Como um barco ganha ao mar

Somos por tudo e por nada

Esta forma de gostar

 

Quando o sol rasga a manhã

E trás na boca um sorriso

Nós sabemos que amanhã

Nada mais nos é preciso

 

Ao fim da tarde o poente

Num compromisso calado

Diz que somos outra gente

Mas somos o mesmo fado

 

Ao fim da tarde o poente

Num compromisso calado

Diz que somos outra gente

Mas somos o mesmo fado